A cidade de Iapu-MG

Iapu é um município brasileiro no interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Localiza-se no Vale do Rio Doce e pertence ao Colar Metropolitano do Vale do Aço. Sua população estimada em 2018 era de 10.867 habitantes.

Em 2020, conta com 05 Bairros oficiais concorrendo com vários municípios nessa liderança como entre os dois vizinhos enumerados: Inhapim possui 11 bairros e Caratinga possui 47 bairros.

> Bairro Centro.

> Bairro Jerusalém;

> Bairro Caixa D’Água;

> Bairro do Bela Vista;

> Bairro João Vieira;

> Bairro Francisco Weber;

> Incluindo-se o Distrito de São Sebastião da Barra.

São Sebastião da Barra

São Sebastião da Barra (Barra) é um Distrito do Município Brasileiro de Iapu, no interior do Estado de Minas Gerais. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sua população no ano de 2010 era de 1.022 habitantes, sendo 504 homens e 518 mulheres, possuindo um total de 413 domicílios particulares numa área total de 127,7 km² (8,0 hab./km²).

Foi criado pela Lei Estadual Nº 2.764, de 30 de dezembro de 1962.

Bandeira

– Brasão

– Bandeira

Letra do Hino Municipal de Iapu-MG

Letra: Sirleno L. Silveira Melo

Música: Adenilson  Moisés Rosa

Entre as colinas de Minas, a muito tempo surgiu,

uma vila pequenina no cantinho do Brasil.

Com a natureza verdejante; pássaros com teus cantos te  embalavam.

Um sol sempre brilhante e uma leve brisa te acariciava.

Ó, Iapu! Iapu do meu coração.

Tua beleza me traz inspiração.

Ó, Iapu! Iapu do meu coração.

Tua beleza me traz inspiração.

Povo guerreiro e lutador, que, com muita fé e amor;

Com inspiração da natureza de Iapu te batizou.

Iapu, cidade criança; com cinquenta anos, és menina!

Princesa e esperança, és a flor formosa do leste de Minas.

Ó, Iapu! Iapu do meu coração.

Tua beleza me traz inspiração.

Ó, Iapu! Iapu do meu coração.

Tua beleza me traz inspiração.

Solo fecundo e precioso. Com progresso e riqueza,

quer na agricultura ou na pecuária, todos lutam com labor!

Do suor de nosso povo, surge o nosso maior tesouro,

dourado como o pôr do sol, é o tomate nosso precioso fruto!

Ó, Iapu! Iapu do meu coração.

Tua beleza me traz inspiração.

Ó, Iapu! Iapu do meu coração.

Tua beleza me traz inspiração.

Deus te fez bela e majestosa; é motivo de louvor.

Povo humilde, de fé grandiosa, que a todos conquistou!

Iapu cidade hospitaleira, mora dentro do meu coração.

Tuas belas palmeiras, nos inspiram a entoar esta canção.

Ó, Iapu! Iapu do meu coração.

Tua beleza me traz inspiração.

Ó, Iapu! Iapu do meu coração.

Tua beleza me traz inspiração.

Música do Hino Municipal de Iapu-MG

Letra: Sirleno L. Silveira Melo

Música: Adenilson  Moisés Rosa

Idealização: Vereadora Maria do Carmo Veloso Moreira

Apoio: Prefeitura Municipal de Iapu

Produção Musical: Adilson Garcia

Vocais: Coro Instável da Agência Pró-Música

Participação Especial: Adenilson Moisés Rosa

História

A área onde está situado o atual município de Iapu fora explorada pela primeira vez no começo do século XIX, apesar de que artigos de cerâmica encontrados na região apontam a presença de indígenas em tempos anteriores. A 26 de dezembro de 1822, tem-se a chegada de Raimundo José de Souza e seu sobrinho Antônio Bronza de Souza, que acamparam à margem de um ribeirão, denominado por eles de Santo Estevão em honra ao dia do santo ser comemorado naquela data. As terras férteis atraíram novos moradores na década de 1880 e, posteriormente, a construção de uma pequena capela consolidou a formação do povoado.

Dado o desenvolvimento, foi criado o distrito, denominado Santo Estevão e subordinado a Caratinga, pela Lei Municipal Nº 116, de 30 de setembro de 1901. A lei estadual nº 843, de 7 de setembro de 1923, alterou a Denominação Distrital para Boachá, voltando a se chamar Santo Estevão pela Lei Estadual Nº 1.035, de 20 de setembro de 1928. Pelo Decreto Estadual Nº 148, de 17 de dezembro de 1938, o distrito foi transferido para Inhapim, tendo sua denominação alterada para Iapu pelo Decreto Estadual Nº 1.058, de 31 de dezembro de 1943.

A emancipação de Iapu foi decretada pela Lei Estadual Nº 336, de 27 de dezembro de 1948, instalando-se em 1º de janeiro de 1949. Estava composto pelos Distritos de Bugre e São João do Oriente, além da sede. Em 30 de dezembro de 1962, pela Lei Estadual Nº 2.764, foi criado o Distrito de São Sebastião da Barra, ao mesmo tempo que São João do Oriente foi elevado à Categoria de Município. Bugre também foi emancipado pela Lei Estadual N° 12.030, de 21 de dezembro de 1995.

Geografia

De acordo com a divisão regional vigente desde 2017, instituída pelo IBGE, o Município pertence às Regiões Geográficas Intermediária e Imediata de Ipatinga. Até então, com a vigência das divisões em Microrregiões e Mesorregiões, fazia parte da Microrregião de Caratinga, que por sua vez estava incluída na Mesorregião do Vale do Rio Doce.

 

 

MUNICÍPIO

ÁREA

KM²

POPULAÇÃO

HABITANTES

2010

DENSIDADE

DEMOGRÁFICA

HAB. POR KM²

PIB

R$

2010

PIB PERCAPTA

R$

2010

IDH-M

2010médio

COEFICIENTE

 DE GINI

Iapu

340,579

10 331

30,33

56 147

5 434,81

0,654
médio

0,38

Comparativo dos Municípios da Região Metropolitana e do Colar Metropolitano.

Municípios da RMVA
MunicípioÁrea (km²)[4]População (hab.)
(
2010)[3]
Densidade
demográfica
(hab./km²)[4][3]
PIB (R$)
(
2010)[7]
PIB per capita (R$)
(
2010)[13]
IDH-M
(
2010)[12]
Coeficiente de Gini
(
2003)[14]
Açucena815,42210 29812,6257 7405 606,870,610
médio
0,39
Antônio Dias787,0619 57312,1676 8568 028,400,645
médio
0,41
Belo Oriente334,90923 39769,86640 77627 387,120,686
médio
0,38
Bom Jesus do Galho592,28915 37625,9689 2805 806,430,623
médio
0,40
Braúnas378,3185 03413,3067 09113 327,660,624
médio
0,42
Bugre161,9063 99024,6421 1695 305,550,627
médio
0,35
Caratinga1 258,77885 32267,78899 42410 541,520,706
alto
0,42
Coronel Fabriciano221,252103 797469,13825 2277 950,390,755
alto
0,38
Córrego Novo205,3853 12915,2326 4558 454,670,632
médio
0,38
Dionísio344,4428 73925,3754 0366 183,360,702
alto
0,42
Dom Cavati59,525 21087,5331 8886 120,480,688
médio
0,40
Entre Folhas85,2095 17260,6928 0005 413,680,634
médio
0,39
Iapu340,57910 33130,3356 1475 434,810,654
médio
0,38
Ipaba113,12816 692147,5470 6994 235,490,665
médio
0,36
Ipatinga164,884239 1771 450,57 391 66930 904,600,771
alto
0,38
Jaguaraçu163,762 98218,2045 62215 299,050,679
médio
0,40
Joanésia233,2925 42723,2648 8899 008,380,626
médio
0,37
Marliéria545,8134 0217,3624 4706 085,450,657
médio
0,38
Mesquita274,9386 07222,0830 0574 950,160,656
médio
0,43
Naque127,1736 34149,8632 9295 193,040,675
médio
0,36
Periquito228,9077 03030,7145 3286 447,840,651
médio
0,36
Pingo-d’Água66,574 42066,3927 2986 176,080,619
médio
0,36
Santana do Paraíso276,06727 25898,73236 1098 662,000,685
médio
0,35
São João do Oriente120,1227 87465,5553 5956 806,520,648
médio
0,45
São José do Goiabal184,5115 63630,5438 0636 753,590,666
médio
0,42
Sobrália206,7875 82828,1835 8366 148,980,631
médio
0,40
Timóteo144,38181 119561,832 141 96526 405,210,770
alto
0,40
Vargem Alegre116,6646 45755,3442 0826 517,200,631
médio
0,41
Total ou média8 552,067717 71284,4212 051 82320 799,460,664
médio
0,40